.: José Renato Sátiro Santiago Junior :.

Centro de Inteligência

Área utilizada para o compartilhamento de apresentações, artigos, textos e sugestões de livros relacionadas com boas práticas relacionadas com Gestão de Projetos, Processo de Inovação, Registro e Compartilhamento de Conhecimentos, Excelência em Gestão de Pessoas, Capital Intelectual e Ações que busquem o Desenvolvimento Sustentável a partir do desenvolvimento de atividades éticas, de menor custo, maior retorno e melhor Qualidade.

Ler pouco, um erro estratégico.

A vida, muitas vezes, cheias de compromissos costuma nos pregar certas surpresas. Por mais que possamos planejar nossas atividades não é incomum que deixemos de priorizar aquelas que irão nos agregar maior valor.

A aquisição de conhecimento, sem dúvida alguma é uma delas, que pode ser deixada de lado de forma inadequada. Uma das formas mais comuns para obtê-lo é através da leitura, que seja de livros, jornais e revistas.

Infelizmente, costumamos sempre achar um motivo para que a leitura seja deixada de lado. O tempo, aliás, a falta dele normalmente é o maior vilão. Acordamos cedo, e mal temos tempo de ler as principais notícias do jornal, por isso costumamos a nos limitar as manchetes. Durante o transporte, quer seja em carro ou transporte urbano, preferimos, quase sempre a leitura de textos que nos traga momentos, mesmo que sejam poucos, de entretenimento, no meio da realidade do dia a dia tão complexo que já possuímos.

Por fim, após um longo período de trabalho, durante o qual corremos atrás de solucionar os inúmeros problemas que nos afligi, há o caminho de volta, do transporte para casa, quando já cansados, lemos pouco, pouco até demais.

O Brasil é o país que possui um dos menores índices de número de livros lidos por habitantes, apesar de termos tido sensíveis melhorias nesta área.

No entanto, venho com uma má notícia para aqueles que justificam a sua falta de leitura a todas estas questões aqui apresentadas. É certo que se dispensarmos ao menos meia hora por dia na leitura de textos que colaborem com o planejamento de algumas das mais variadas atividades e responsabilidades que já possuímos, teremos resultados imediatos e de grande relevância.

A nossa vida financeira, por exemplo, é uma delas que a partir de rápidas e pequenas dicas e abordagens, tais como algumas destas apresentadas no A Grana, pode auxiliar de maneira prática a termos uma melhor relação com este recurso, que tem tanto relevância, em nossas vidas, o dinheiro.